Descarte de resíduos

É importante saber a diferença entre lixo e resíduo. Ao contrário do lixo, o resíduo não pode ser simplesmente jogado fora. Então, como proceder?

A Indusbello ajuda você com essa lista de materiais e procedimentos para descarte. Confira:

  • Os materiais infectantes ou resíduos biológicos – algodão, gaze ou qualquer material contendo sangue ou fluidos corpóreos, curativos, resíduos de cirurgia, modelo de gesso, moldagens e kits para exames – devem ser descartados em lixeira com tampa de acionamento por pedal e saco plástico branco leitoso. Seu destino final deve ser a vala séptica ou células especiais em aterro sanitário.
  • O perfuro cortantes – agulhas, lâminas, materiais ortodônticos, instrumentais impróprios para uso e assemelhados – devem ser acondicionados em recipientes rígidos e com tampa, respeitando-se o limite de preenchimento indicado na caixa.
  • Os resíduos de amálgama não utilizados nas restaurações ou restos de mercúrio devem ser acondicionados em recipientes inquebráveis e hermeticamente fechados, sob selo da água e, posteriormente, encaminhados para recuperação da prata.
  • Os resíduos de insumos – cimentos, fenol, formocresol, eugenol, materiais restauradores, restos de revelador e fixador e outros – devem ter suas embalagens, quando vencidas ou após a utilização, descartadas da mesma forma que os resíduos contaminados, isto é, em recipientes de material rígido, com tampa vedada e destinado ao aterro sanitário industrial.

Outras notícias